diario1.png
  • Roni Carlos Costa Dalpiaz

O LENDA DO “VELHO DO SACO”

Quem, quando criança, não foi assustado pelos mais velhos com a história do “Velho do saco”?


Lembro que quando criança ainda escutava a tal história em que um homem maltrapilho, todo de preto saía pelas ruas desertas da cidade de Torres à procura de crianças para colocar no tal saco e levá-las sabe-se lá para onde. Mas não era só o tal homem, havia também uma história sobre uma Kombi preta que saía pelas ruas da cidade à noite, parava, escolhia e levava algumas crianças que estavam nas ruas, retirava algum órgão (fígado ou rins) e as devolvia ainda vivas.

Nem preciso dizer que, na época, eu e as outras crianças ficávamos apavorados e “raramente” desobedecíamos os pais. E, claro, alguns amigos contavam histórias de conhecidos que haviam sidos raptados pela tal Kombi e que felizmente sobreviveram.

Essas histórias não frequentavam apenas as minhas memórias “torrenses” de infância, mas as de todas as crianças do Brasil e do mundo com pequenas adaptações ao local onde eram contadas. Essas histórias, pelo que sei, chegaram aos dias de hoje e, obviamente, também adaptadas as tempos atuais.

Na minha época todos sabiam que eram histórias para manter as crianças comportadas e em casa ao cair da noite, somente isso! Será?

Como diriam hoje em dia SQN (Só que não)!

Não é preciso pesquisar muito para conhecer essas histórias, suas origens, e verificar que elas têm um fundo de verdade. Embora contadas separadamente, descobri que na verdade é uma só história que foi dividida em duas com o passar dos anos.

A primeira história a lenda urbana do “Velho (ou Homem) do Saco” tem mais verdades do que fantasia.

“Ela surgiu há muitos anos na Espanha e ficou mais famosa após um terrível crime, ocorrido em 1910, em que uma criança, Bernardo Gonzalez, foi sequestrada e morta por um homem. Esse homem usou um saco de balas para atrair e outro para carregar o corpo do garoto já sem vida.”

Já a história que eu conhecia da “Kombi Preta” deriva de outra lenda, “A lenda do “Papa-figo” (abreviatura de Papa fígado) que foi confundida com a do “Homem do Saco” devido à incorporação do mito europeu no folclore brasileiro.

“Segundo a crença, bastante comum no leste da Europa, havia um velho que andava sujo, mal vestido com um grande saco nas costas, cheio de crianças que ele sequestrava pelo caminho. E de acordo com esta lenda, as crianças do saco que o velho carregava, eram crianças que estavam longe de algum adulto, brincando em frente às suas casas ou brincando na rua. Assim, o velho do saco pegaria a criança caso ela saísse sozinha de casa. Conta a lenda que a criança era morta e não tinha só o fígado retirado, o seu sangue também e era retirado e usado para passar em suas chagas. Antigamente muitas pessoas acreditavam que a Lepra era uma doença do sangue (sangue impuro ou sujo). Como o sangue é filtrado pelo fígado, muitos achavam que comer esse órgão os ajudaria a restabelecer a sua saúde. ‘Um fígado doente se trata com um fígado sadio’, era a firme convicção do senso comum popular dos antigos. Por este motivo, acreditava-se que o “Papa-figo” era um homem acometido por essa doença, e que sequestrava suas vítimas para arrancar este órgão. O “Papa-figo” espanhol era uma figura tão temida por mães e crianças a tal ponto que a histeria em massa e o medo levaram várias populações a atacarem qualquer estrangeiro ou pessoa potencialmente suspeita.”

Em uma versão dessa história, nos anos 70, 80 e 90, as crianças eram assombradas ao avistar um carro preto (que na minha versão era uma Kombi Preta), pois elas acreditavam que se ele parasse seria para raptá-las e retirar seus fígados e sangue.

Resumindo essa história toda: Para obrigarem as crianças a dormir, comer e não sair na rua, além de fazer com que elas obedecessem e se comportassem bem, os nossos pais (pais e mães) se valiam de uma lenda (com fundo de verdade) e, ainda por cima, dividiram a lenda em duas para terem não uma, mas duas figuras para nos aterrorizarem, o “Homem do Saco” e o “Papa-figo”.

Fonte: As origens do "Homem do Saco" - Iconografia da História (iconografiadahistoria.com.br); Homem do saco - Origem, história e curiosidades sobre o Papa-figo.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo