diario1.png
  • Roni Carlos Costa Dalpiaz

OS TAPUMES DO TORREÃO


O Torreão ganhou um novo tapume e parece que será o último.

Desde 1953, o moderno (para a época) torreão de salva-vidas, está lá na beira mar de Torres. De lá viu o crescimento da cidade no seu entorno. Antes solitário, hoje está quase escondido entre os diversos quiosques que o rodeiam.

Apesar de bem construído, o velho torreão, não suportou o descaso dos gestores da cidade. Aliás, não é de hoje esse descaso com o patrimônio cultural. Assim como os outros patrimônios esquecidos da cidade, o torreão ficou esperando uma mão salvadora, e ela não veio. Chegou ao ponto de ser interditado, pois já representava risco a quem ele se propunha a ajudar: o turista/veranista/morador.

Foi cercado. Primeiro de forma precária, mais tarde com grades e agora com um tapume fechado.

Soube, esta semana, que o torreão será finalmente restaurado.

A princípio, será feito um escaneamento do torreão para se ter um real diagnóstico do comprometimento ou não de sua estrutura. Em um segundo momento, será feita a restauração por uma empresa contratada.

Não me passaram os detalhes de qual empresa, nem como ela foi escolhida e nem de onde virão os recursos para esta restauração.

Este tipo de trabalho não deveria ser de tão difícil resolução, mas ao que parece, sempre na administração pública tudo é mais complicado. Também acho que, embora complicado, não deva chegar ao ponto de passar por mais de 20 anos sem solução.

Agora é esperar para ver. Acredito que desta vez vai!

Tenho esperança.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo